História

Minha foto

A empresa CORE ESPORTES tem como objetivo principal auxiliar nossos clientes a atingirem suas metas de desempenho físico e melhor qualidade de vida; com trabalho baseado em conhecimento científico e experiência na prática do desporto; é a ciência aplicada a prática

Nos baseamos em métodos científicos comprovados, planilhas personalizadas e um constante contato entre professor e aluno, assim temos alcançado ótimos resultados em provas de Triathlon (Sprint a IronMan), Corrida (5Km a Maratona), Natação e Ciclismo ou, mesmo, na busca por melhor qualidade de vida.

Venha experimentar nosso método inovador e saber o porque de nossos excelentes resultados.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Treinos

Olá amigos(as)

Relatando a semana passada, comecei a segunda-feira com cansaço acumulado. Creio que por dois fatores principais, estava vindo de semanas de provas e reiniciei a musculação no domingo (16 Ago), pois havia 3 semanas e meia que não fazia musculação tendo como objetivo polir para o Campeonato Europeu Militar e a Copa do Mundo da Hungria...........Pois bem; vou relatar dois treinos que julgo serem bem interessantes.

Na terça feira pedalei 30min para aquecer e então a corrida:
Em Limiar Inferior / Limiar Superior
15’(Min) trote + 5’corretivos + 4 retas progressivas de 100M + Along
10 x (1200M entre 3’16” e 3'22" a passagem dos 1000M / ao completar os 1200M faz-se mais 200M de trote + 20” de intervalo e saí para outro de 1200M).
10’de trote
Tot: 20 Km aproximadamente

Este treino têm como objetivo fazer com que o atleta trabalhe no Limiar, ou seja o mais próximo possível do rítmo de prova (10 Km olímpico).......no entanto é importante que se inicie este treino com altas reservas de Glicogênio (relativamente descansado) a fim de manter-se no rítmo desejado

Na sexta natação:
Em Limiar Superior
600 aerobico respiração 3 x 1
200 perna / 4 x (25 Forte + 25 fraco) 200 corretivo
3 x (50 Médio Forte + 50 fraco)
1500 M Rítmo de prova sendo:
500 F p/ 1’14” baixo/ int 30”
400 F p/ 1’14” baixo/ int 30”
300 F p/ 1’13" alto/ int 20”
200 F p/ 1’13”/ int 15”
100 F p/ 1’12”
1000M Br Palmar
Tot: 4000M

Á série principal de natação que coloquei acima (1500 M) são alguns dos exemplos de séries citadas na bibliografia do Platonov (método de treinamento dos melhores nadadores do mundo) a fim de aumentar a resistência específica em provas de natação médias e longas (800M e 1500M). Na verdade isto assemelha-se a série de corrida citada nesta postagem, a diferença é que na natação torna-se possível trabalhar com intervalos mais curtos devido a maior velocidade de recuperação por estar na horizontal facilitando o retorno venoso, pela pressão da água que também facilita o retorno venoso, pelos menores índices de consumo de oxigênio alcançados em relação á corrida e uma série de outros fatores fisiológicos......enfim.........são séries difíceis mas ajudam bastante na melhora de performance.

Na semana passada, também fiz algumas fotos com meu amigo Juan; o objetivo é o marketing em busca de patrocínio, para que com isto seja possível realizar mais provas fora do País e assim pontuar no ranking da ITU (International Triathlon Union) visando as Olimpíadas de Londres em 2012.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Treinos



Olá, a semana começou com viagens. Saí de Tiszaujvaros na Hungria no horário de 03:30 hs daqui (madrugada) 08:00 hs lá, pra resumir cheguei em casa na terça a noite devido a conexões que nos fazem esperar horas nos aeroportos.
Mas vamos ao que realmente interessa: Segunda e Terça treinos regenerativos. Quarta uma natação pela manhã de 3000M (regenerativa), já a tarde um pedal de 50 Km.
De quarta para quinta comecei a adaptar-me melhor ao fuso brasileiro e dormi um pouco melhor.....conclusão ...treinei melhor. Quinta pela manhã 4000 de natação, a série mais forte foi 10 x 100M a cada 1'20" rodou para 1'10" / 1'11" mas estava me sentindo consado, talvez ainda pela viagem e mudança de fuso horário (5hs de diferença), a tarde 16 Km de corrida, saí pensando que estava a 4'30"por Km quando na verdade estava a 4' por Km; já que tá rodando.......deixa rodar rsrsrs......assim fechei 12 Km entre 3'50" e 4' por Km e mais 4 no final a 4'30".
Então venho a sexta......as pernas um pouco pesadas....nadei não muito confortável, os tempos até que saíram, mas não foi um passeio, o treino total 6000M; a série principal 2500M, sendo 300M Médio Forte / Forte + 200 Médio; acabei o treino cansado como tinha de ser......na parte da tarde pensei - "vou moderar nos 50Km de pedal e fazer uma corrida mais forte", aqueci 30'e comecei a me sentir bem, fechando os 50 Km com um bom nível de esforço (digo pela Freqüência Cardíaca) e aí na seqüência, transição; saí para correr pensando vamos ver o que sai...... "vou tentar segurar um rítmo de prova"......me assustei ao passar o primeiro Km com 3'06", mas como estou acostumado com o percurso pensei.....é porque têm descida neste Km.......no segundo Km 6'14" ou seja 3'08" e o melhor me sentindo bem.....1' de trote e mais 1 Km para 3'06"....mais 1'de trote e tentei diminuir encaixar o rítmo que faço na prova.....mas ainda assim 3'12".
As vezes no pós prova acontece isso, você se sente "mais veloz" muito embora esteja cansado......e é neste momento que entra a experiência e perspicácia de saber dosar o nível de esforço para não quebrar......estamos sempre aprendendo.
Amanhã um pedal de 80 Km com fartlek na subida......gosto disso.....fortalece meu pedal.... depois uma corrida mais suave (4'30"/Km) de 6 Km, a tarde uma natação de 3000M sendo metade com palmar (contínuo).........mas a semana ainda não acabou rsrsrsrs.......domingo um trote leve de 30'e musculação. Esta última têm me ajudado muito, principalmente no pedal.
Semana que vêm têm mais....................

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Resultado da Copa do Mundo na Hungria














Olá pessoal, como havia postado anteriormente, Tiszaujvaros é uma cidade pequena do interior da Hungria e portanto chegar e sair de lá leva tempo e são necessárias algumas conduções....para se ter uma idéia, entre ônibus, 3 check-in em aeroportos e carro, vou demorar 36 hs para chegar a minha residência.....é claro que tem o tempo de espera nos aeroportos.
Sobre a prova largamos ás 13:30 hs com um clima quente, cerca de 33/34 graus e humidade relativa de cerca de 50%. Éramos 80 alinhados, então imagine.......a primeira bóia estava a aproximadamente 300M e quando chegamos nela, quase não se podia nadar, tomei tanto soco e chute que mais parecia um vale tudo........também devo ter acertado alguns, mas na maioria das vezes isto não acontece intencionalmente, é questão de sobrevivência.
Após a primeira de duas voltas de natação estávamos alinhados formando uma imensa fila. Quando sai da água e subi no tablado para iniciar a segunda volta da natação, pude ter uma visão geral dos que estavam a minha frente e a retaguarda, foi quando percebi que não estava muito bem colocado; fiz um pouco mais de força e consegui sair do grupo em que estava buscando o grupo que estava a frente. O primeiro atleta a sair da água foi o eslovaco Richard Varga, o cara nada muito e frequente têm saído em primeiro da natação nas etapas da ITU em que têm participado, foi o que aconteceu na etapa da World Championship Serious em Hamburgo a duas semanas atrás.

Saímos para pedalar a cerca de 1min e 30seg, do primeiro grupo, com atletas a frente que formariam dois pelotões até o meio da prova e um único pelotão quando faltavam 8 Km para o fim do pedal; até hoje eu não havia feito uma prova onde houvesse formado um pelotão tão grande, o circuito era todo plano, havia 80 curvas de 90 graus, fazíamos 7,7 Km e então chegávamos ao circuito dentro da cidade, onde cada volta tinha 4,9 Km e eram 7 voltas totalizando 42 Km; o pedal rodou a um pouco mais de 43Km/h de média, o que não é uma média alta, se considerarmos que neste grupo, ao final do pedal havia cerca de 50 atletas; no entanto torna-se considerável ao analisar a quantidade de curvas. Ao fim do pedal a nossa frente estavam mais ou menos uns 15 atletas e mais uns 15 a retaguarda.
Desci para correr e não estava me sentindo muito bem, embora estivesse correndo a 3min e 10seg a cada Km, o que se manteve na primeira volta (2,5 Km) e caiu um pouco na segunda, sendo iguais os tempos da terceira e quarta volta......fechei a corrida em 33min e 28seg , não gostei do tempo de corrida e nem de como estava me sentido......depois analisando pensei que poderia estar um pouco cansado do Europeu Militar que havia acontecido no fim de semana anterior, somando-se a isto as viagens......... sinceramente não sei........terminei a prova em 1h 53min, e pude colher ensinamentos, no sentido de observar pontos a serem melhorados no treinamento e em prova. Marquei alguns pontos no ranking da ITU (International Triathlon Union) e no ranking Brasileiro.



sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Copa do Mundo

Após o Campeonato Europeu Militar de Triathlon, segui para Tiszaujvaros no interior da Hungria, onde me encontro. Tiszaujvaros é uma pequena cidade que respira triathlon nesta época do ano, a prova esta em sua 13a edição.
Hoje estive no lago, a temperaura está próximo dos 24 graus, portanto a natação será sem neoprene e hoje as 13:30 hs, mesmo horário da largada, a temperatura ambiente estava 32 graus.
A expectativa é de ser uma prova muito forte, pois atletas tops do ranking mundial figuram na competição, ao todo largaremos em 82 atletas para cumprir os 1500M de natação, 40 Km de ciclismo e 10Km de corrida; sendo que o ciclismo e a corrida serão dentro da cidade...........com público em todo o percurso.
GO AHEAD !!!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Há quase 10 anos.........

Neste último 02 Agosto, participei do Campeonato Europeu Militar em Warendorf - Alemanha. No meio militar de diversos países, os triatletas civis tornam-se militares afim de competirem pelas suas respectivas nações.....cito Maik Petzold, atual líder do ranking World Championship Serious.
Pois bem, o evento aconteceu paralelo a uma prova com cerca de 1200 atletas, é impressionante como o triathlon é difundido por aqui....... a natação deu-se em um lago o ciclismo (sem vácuo) foi de 45 Km a corrida 10 Km.....posicionei-me mal no início da natação e apanhei muito.....mas o objetivo era fazer a natação em ritmo mais conservador, pois como a prova era sem vácuo não correria o risco de perder o pelotão.......no entanto quando terminei a primeira volta de duas e fiz o retorno fora da água pude levantar-me e ter uma visão ......... os primeiros haviam aberto cerca de 50 metros, aí o jeito foi fazer muita forca.........sai para pedalar com cerca de 10 atletas a minha frente.....demorou aproximadamente 20 Km para que todos os primeiros pudessem avistar-se.......mas ainda não sabia se havia alguém a minha frente.......e assim sai para correr.
A corrida foi em um bosque, poderia ser um cross triathlon pois não havia uma reta maior que 70 metros......se e eu tivesse de repetir o percurso não saberia.

Na segunda volta de duas a comissão técnica (do Brasil) me avisou que eu estava em segundo e a 20 segundos do Finlandês............não acreditei no que estava acontecendo, mas ainda assim aumentei a passada.......no Km 8,5 estava a 10 segundos dele foi quando ele me viu e começou a apertar mantendo a distância..........cheguei em segundo lugar e trouxe a primeira medalha do CISM (Conselho Internacional do Esporte Militar) no triathlon para o Brasil...........Há 10 anos tento este feito.......e por isso dedico a todos que direta ou indiretamente me apoiaram neste trajeto e em particular ao meu filho Davi, minha esposa Cecília e minha filha Ana Carolina que chega em Setembro!